.: Os dois portuga :.

 

O joaquim e Manuel andando pela rua, de repente! O joaquim olha uma casca de banana no chão coloca a mão na cabeça, e fala para o Manuel.

 

- Ai Jesus! Vou escorregar de novo.

 

.: O mineiro e o médico :.

O médico estava num bar lá em Minas tomando cerveja, chega um mineiro e fala para o  médico.

- Quanto o sinhor cobra pra ir lá no sítio???

O médico diz:

- É cinqüenta reais!

O mineiro diz:

- Então vamo lá dotor!

Os dois chegam no sítio e o mineiro dá cinqüenta reais para o médico, e o médico se assusta.

Ué?!

Quem que eu irei consultar???

O mineiro diz:

-Não tem ninguém não dotor.

O médico diz:

- Mas o senhor não perguntou pra mim quanto custava?

O mineiro diz:

- Perguntei dotor.

O médico diz:

-Então???!!

O mineiro diz:

- Não é dotor, é que eu perguntei pro taxista, e ele falou que era 80 reais pra vir no sítio.
 

.: O bêbado no bar :.

O bêbado chega no bar e grita para o dono:

- Dá uma pinga ai.

O dono do bar responde:

- Eu não vou marcar não, hein cara!

O bêbado responde:

- Marca ai se não o cê esquece.

 

.: O genro e a sogra :.

A mulher chega para o marido e diz:

- Bem, cadê aquele livro que estava na gaveta?

Ele responde:

- Qual o livro amor?

Ela fala:

- Aqueeeeele amor, que ensina como viver 100 anos.

Ele responde:

- Aaaa bem, eu queimei ele.

Ela diz:

- Por que amor?

E ele com um sorriso cínico no rosto diz:

- Para sua mãe não ler ele.

 

.: As freiras:.

Duas freiras são atacadas por dois tarados e arrastadas para um beco escuro.

No chão forrado de jornal eles começam a estrupá-las.

- Perdoai-os, Senhor, esses homens não sabem o que estão fazendo - reza uma delas resignada.

- Só se for o seu - comenta a outra. - Porque o meu é um verdadeiro artista!

 

.: catarinenses X gaúcho:.

Rio Grande do Sul.

Um carro cheio de catarinenses está voltando para Santa Catarina.

Quando eles estão passando pela fronteira, veêm um gaúcho pedindo carona e passam direto.

Logo adiante um dos catarinenses diz:

- Pô! Passamos pelo gaúcho e nem demos uma surra nele!!!

Não deu outra. Deram meia - volta, pegaram o gaúcho e encheram ele de porrada.

Após a surra, pegaram o carro e continuaram a viagem, quando um lembrou:

- Pô! Ninguém vai comer o gaúcho???

Novamente eles voltaram atrás, comeram o gaúcho e foram embora.

O gaúcho, então pensa:

- Esses catarinas são malucos mesmo! Primeiro, batem...

E depois querem fazer amizade!

 

.: Caravana para o Céu:.

O padre pegunta aos fiéis:

- Quem deseja ir para o céu?

Todo mundo levanta a mão, menos o bêbado, sentado lá no fundo.

- O Senhor aí atrás, não quer ir para o céu quando morrer?

- Ah! Quando morrer, sim. Pensei que o Senhor estava organizando uma caravana pra hoje!

 

.: O martelo:.

- Isaaquinho, vai pegar o martelo na casa de Abraão.

- Abraão não está, pai.

- Pega o martelo na casa de Jacó.

- Jacó emprestou o martelo pra Levi.

- Então vai pegar o martelo na casa de Levi.

- Levi foi pra Israel.

- Então pega o nosso martelo mesmo!

 

.: Judeu turco:.

O judeu foi à zona, escolheu uma menina e foi logo perguntando:

- Quanto?

- 50 paus - responde ela.

- E com sadomasoquismo?

- É para você me bater ou apanhar?

- Pra eu te bater!

- E você bate muito?

- Não, só até você devolver o dinheiro! 
 

.: O gaúcho no cassino :.

O gauchão resolveu tentar a sorte no cassino.

Arranjou uma mulher boazuda, que sugeriu:

- Por que não jogas no tamanho do seu cacete?

- Daí o gauchão jogou no 25...

Perdeu, deu 8.

E ele, desiludido gritou:

- Mas tchê! Perdi de burro!

 

.: O bêbado que apanhou da mulher :.

O bêbado entra num bar e grita:

- Feliz Ano Novo! Feliz Ano Novo!

Disse o dono do bar:

- Você está maluco? Nós estamos em fevereiro!

- Fevereiro?! Caramba.. é hoje que eu apanho quando chegar em casa!

 

.: Ladrão sem vergonha:.

- Relógio lindo, cara! Onde comprou?

- Comprei não, ganhei numa corrida!

- E tinha muita gente participando?

- Que nada... só eu, o dono do relógio e dois policiais...

 

.: Ladrões de toalhas:.

A mulher fala pro marido:

- Querido... a lavadeira roubou duas toalhas.

- Mas que ladra! Que sem vergonha! Quais foram as toalhas?

- Aquelas que trouxemos do hotel!

 

.: A bichinha:.

A bichinha chega para a outra, com as mãos escondidas atrás das costas e diz, com a voz afetada:

- Se você advinhar quantas laranjas eu tenho nas mãs eu dou pra você!

E a outra, depois de pensar um pouco:

- Cinco!

- Acertou! Amanhã eu trago as outras três!

 

.: Tipos de Corno :.

# Corno 120 - O que vê a mulher com outro fazendo um 69, sai e vai no boteco tomar uma 51.

# Corno Ateu - Leva chifre e não acredita.

# Corno banana - A mulher vai embora e deixa uma penca de filhos.

# Corno Brahma - Aquele que pensa que é o nº 1.

# Corno Cigano - Muda de cidade toda vez que leva chifre.

# Corno Inflação - A cada dia que passa o chifre aumenta.

# Corno Medroso - Fica escondido atrás da porta até o fim.

# Corno Papai Noel - Vai embora, mas acaba voltando, pelas crianças.

# Corno Prevenido - O que liga para a esposa antes de ir para casa.

 

 

.: Exame de urina:.

Isaac recebe o laudo do seu exame de urina e telefona ora casa:

- Sara, estou te avisando que nem eu, nem você, nem Salomão, nem Jacó, nem Ruth e nem o pequeno Abraão temos problemas urinários...

 

.: A coroa e o garotão :.

A coroa para o garotão:

- de que você gosta em mim: do meu rosto lindo ou do meu magnífico corpo???

- Do seu senso de humor!

 

.: Vizinho idiota:.

O visinho chega para a mãe de Joãozinho e reclama:

- Quer fazer o favor de pedir pro seu filho parar de me imitar?!

E a mãe:

- Joãozinho , quer para de bancar o idiota?

 

.: Joaquim satisfeito :.

Perguntaram ao Joaquim:

- Joaquim, você gosta de mulher com muito seio?

- Não, não! Pra mim dois só já bastam.

 

.: Geografia :.

A mulher dos 15 aos 25 anos é como a África:

Meio virgem e meio explorada.

Dos 25 aos 35 é como a Ásia:

Quente e misteriosa.

Dos 35 anos 45 é como a América:

Eficiente.

Dos 45 aos 55 é como a Europa:

Devastada, mas muito boa.

Depois dos 55 é como a Austrália:

Todo mundo sabe, mas ninguém vai lá...

 

.: Portuga Corneado :.

O português comenta com um amigo:

- Pois é, rapaz... peguei minha mulher em flagrante! Com o amante na minha cama! Os dois pelados!

- E você tomou alguma medida, Manuel?

Como é que eu ia tomar medida, se o negócio estava todo enfiado nela?

 

.: Na escola :.

A professora perguntou pro Fabinho:

- Fabinho, você sabe qual é a cidade do Brasil que a metade a gente come?

- Num sei não, fessora...

- É Aracaju!

E o fabinho:

- Mas tem Cuiabá também!

 

.: Sogra :.

O médico falando com o paciente já moribundo:

- E por que o senhor quer ser sepultado no mar?

- É porque minha sogra jurou várias vezes que vai dançar sobre meu túmulo!

 

.: Sabidinho :.

- Professora... o Ricardinho me mandou pra puta que o pariu!

- E o que foi que você fez?

- Vim falar com a senhora!

 

.: Canibais :.

Dois canibais estão conversando, lá na África. E um fala.

- Pra dizer a verdade, eu não sei mais o que fazer com minha mulher!

E o outro:

- Se você quiser, eu lhe empresto o meu livro de receitas culinárias!

 

.: Galo e galinha :.

 Na sala de aula, a professora pergunta:

- Jaiminho... Por que é que o galo não tem mãos?

E o Jaiminho responde:

- Porque as galinhas não têm seio, fessora!

 

.: Conclusão do portuga :.

O brasileiro fala pro português:

- Porra... ontem eu comi dois ovos e me atacou o fígado!

- Pois tiveste sorte que não comeste fígado!

 

.: Médico e defunto :.

- Passava um enterro defronte a um bar, quando um sujeito comentou:

- Olha lá o doutor Pedro seguindo o enterro do defunto que ele mesmo tratou!

Ao que o outro emendou:

- É a primeira vez que eu vejo a causa seguindo o efeito!

 

.: Outra de velhinho :.

O velhinho tinha mais de oitenta anos e levou uma moça para um motel.

Tentou, tentou, mas não conseguiu nada.

Aí se virou pra ela e disse:

- Olha, benzinho! Eu vou colocar mole, que é pra não te machucar, viu?

 

.: Perguntinha :.

- O que é, o que é? Tem quatro pernas, não pode andar... tem dois olhos e não pode ver, duas orelhas e não pode ouvir...

e tem um montão de penas atrás.

- Esta eu não sei mesmo! O que é?

- Um cavalo morto com um espanador enfiado no cu!

 

.: Paciente no médico :.

O médico interroga o paciente:

- O senhor fuma?

- Não

- Bebe?

- Não!

- É mulherengo?

- Também não.

- Tem vício?

- Tenho, sim senhor. Sou mentiroooso!

 

.: Controle de carro :.

Um sujeito se vira pro outro e diz:

- Perdi o controle do carro.

- Bateu?

Não... Minha mulher aprendeu a dirigir!

 

.: O carioca e a caipirinha :.

O carioca levou a sua namorada, uma caipirinha mineira, pra conhecer a Barra da Tijuca. E ela:

- Nossa, como é lindo aqui na barra da Tijuca, que luar maravilhoso, que legal, os pássaros... Você está ouvindo, meu amor, o barulho dos grilos?

E ele:

- isto aí você está ouvindo não é barulho de grilo nada, é barulho de zíper!

 

.: O perdedor :.

O cara estava contando pro amigo:

- Pois é, amigo. Esta noite sonhei com o número 4, acordei às

4 horas da manhã, peguei um táxi com o final 44, o motorista chamava-se Torquato, cheguei no jóquei às 4 horas da tarde, fui no guichê 4, joguei 4 mil reais no cavalo 4...

- E o que aconteceu?

- O cavalo 4 chegou em quarto lugar.

 

.: Adultério :.

O cara tá comendo a mulher do outro. Tá lá peladão, quando escuta um barulho na porta:

- É meu marido! - grita a mulher.

- Que que eu faço?

- Pula da janela! Pula!

- Tá doida? São 13 andares...

E daí? Isto não é hora para superstição, pô! Pula!

 

.: Motivo :.

Uma amiga diz pra outra:

- Vou me separar...

- Por quê?

- Porque meu marido não sabe jogar pôquer!

- Mas você devia achar bom que ele não sabe jogar...

- Pois é... ele não sabe jogar, mas joga!

 

.: No médico :.

O médico examina o paciente e diz:

- Sabe... o senhor está tossindo bem melhor!

- Pudera, doutor... Ensaiei a noite toda!

 

.: Violência :.

Três caras estão conversando no bar do português, falando sobre a violência no mundo atual. Um deles mostra uma cicatriz no queixo e fala:

- New York City!

O outro mostra uma cicatriz na perna:

- Atlantic City!

O português abaixa as calça, mostra uma cicatriz na virilha e diz:

- ApendiCity!

 

.: Boa de cama :.

O cara pergunta:

- Ô seu Manuel, sua mulher é boa de cama?

- Isto eu não sei... Uns dizem que sim, outros dizem que não...

 

.: Anãozinho mijador :.

O anão chega no banheiro e pede pra um cara bem alto, que está mijando:

- Moço... Me bota em pé nesse banquinho, pra eu mijá também?

Quando o grandão coloca ele no banquinho, imediatamente o anão agarra no saco dele e diz:

- Isto é um assalto. Ou você me dá a carteira, ou eu pulo do banquinho.

 

.: Pai português :.

A filha diz pro português:

- papai, vou ter um filho,

E o português:

- Filha, tu tens certeza que é seu?

 

.: Elefantes :.

- Você é um ótimo domador de elefantes!

- É, mas eu comecei mesmo como domador de pulgas.

- E por que mudou pra elefantes?

- Pois é... a vista foi enfraquecendo, enfraquecendo, enfraquecendo...

 

.: Curiosidade infantil :.

O moleque pede pra mãe:

- mamãe, eu quero ver a bunda da senhora!

Ela abaixa a calcinha, mostra e fala:

- E por que quer ver a bunda da mamãe?

- É que lá na rua tinha dois homens falando que tinham comido a bunda da senhora!

 

.: Garota no parque :.

A garota americana, tá no parque, no maior amasso com seu namorado. Vê alguém se aproximando e fala:

- Olha o tira... tira!

 

.: Comentários :.

- Enfim, o seu Alberto encontrou a eterna paz!

- Morreu?

- Ele não... mas a sogra sim!

 

.: Pergunta de criança :.

- Mamãe, uma galinha velha pode viajar?

- Por que tá fazendo essa pergunta, filhinho?

- Porque escutei o papai falando pra empregada: " Na semana que vem, essa galinha velha vai viajar e nós vamos passa dias maravilhosos!

 

.: Confissão :.

No confessionário, a jovem conta:

- Meu namorado me desvirginou, padre!

- Contra sua vontade?

- Não padre... contra parede mesmo!

 

.: Papo furado :.

Dois velhos amigos comentam:

- Me disseram que o Paulo conseguiu trabalho!

- Você vê? Tem gente que por dinheiro é capaz de qualquer coisa!

 

.: Sorte? :.

Um cara comenta, numa roda:

- Imagine que esta noite sonhei que estava numa ilha deserta, e lá estavam: Cláudia Raia, Patrícia Pillar, Isadora Ribeiro, Cláudia Ohana... completamente peladas!

E alguém fala:

- Porra, meu... que chance, que sorte, hein?

- Sorte porra nenhuma! Eu era Angélica, pô!

 

.: Kung fu :.

O Kung fu chega e pergunta pro mestre:

- Mestre, toda vez que eu toco punheta, a vista fica embaçada, eu fico enxergando mal... O que é isto, mestre?

- E você acha que se eu soubesse eu tava cego?

 

.: No hospital :.

Na recepção dos hospital, o repórter chega e diz:

- Por favor, gostaria de entrevistar o rapaz que o rolo compressor passou por cima dele... Em que quarto ele está?

E a recepcionista:

- Está nos quartos 15,16 e 17!

 

.: Papo furado 2 :.

Dois mineiro conversam. Um pergunta pro outro:

- Ô Zé... você se preocupa com o fim o mundo?

- Pra falar a verdade, eu me preocupo é com o fim do mês!

 

.: Reclamação :.

- Por favor, será que vocês poderiam me devolver o dinheiro do revólver que comprei ontem? - diz o cara na casa de armas.

E o balconista:

- Mas por quê?

- É que quando ia chegando em casa, o carro atropelou a minha sogra e eu não vou mais precisar do revólver!

 

.: Antes do casamento :.

O cara comenta pro amigo:

- Antes de me casar, eu não comi a minha mulher... E você?

- Não me lembro. Como era o nome de solteira da sua mulher?

 

.: Lógica portuguesa :.

Um amigo pergunta pro português:

- Manuel... por que você inventou de ser dentista, se todos seus irmãos são cardiologistas?

- É porque coração, só tem um. E dentes, são 32, seu idióta!

 

.: Importância :.

A garota gostosa pro namorado:

- Não, Luís Carlos! Você é um qualquer...

Você é o meu numero 482!

 

 

.: Viagra no chão :.

O cara comenta com o amigo:

- Lá em casa,  ontem, caiu um comprimido de viagra no chão... e à noite escutei um festival de gemidos, uma barulheira danada...

- É ... e o que era?

- A sala dando pro corredor!

 

O EMPREGO

Após as perguntas básicas, o psicólogo pergunta para o candidato ao emprego.

- O que o senhor fazia antes de se casar?

- Ah! Naquela época eu fazia tudo o que queria!

 

MÃE É MÃE

Minha mãe é tão alarmista... – queixou-se a adolescente a uma a amiga.

- Basta uma tosse e ela acha que estou com bronquite; uma dor de cabeça e ela desconfia de um tumor; uma mentirinha e ela acha que vou entrar para a política.

 

QUE FORA!

O sujeito chega quinze minutos atrasado a uma conferência e,ao entrar, o porteiro o alerta:

- Por favor, não faça barulho!

- O quê? Já tem gente dormindo?

 

QUANDO A MULHER QUE TRABALHA E LUTA POR SEUS DIREITOS TERÁ, FINALMENTE, SEU LUGAR AO SOL?

R = Quando fabricarem cozinhas com teto solar.

COMO É QUE UM PORTUGUÊS FALSIFICA UMA NOTA DE 100 REAIS?

R = Tira um zero da nota de 1000.

 

DOIS SOLDADOS

Dos soldados trocam impressões:

- Então, por que te alistaste?

- Porque sou  solteiro e gosto de guerra. E tu?

- Porque sou casado e gosto de paz.

 

PRECONCEITO

Um marmitex entra num bar e pede ao balconista:

- Por favor, me vê uma cerveja!

- Desculpe, mas aqui nós não servimos comida.

 

 

MEDO DE TER MEDO

Ao cair da tarde, uma maravilhosa loira vai ao parque sozinha. Lá ela encontra um sujeito estranho que logo a convida para fazer uma sessão de fotos em um local mais isolado do parque.

Ingenuamente ela aceita e então acompanha o moço em uma trilha que se embrenhava na mata. Então a loira começa a ficar assustada e diz:

- Moço, está começando a escurecer e eu estou ficando com medo!

- Medo? – pergunta ele, irônico – Medo tenho eu, que vou ter que voltar sozinho!

 

 

SOBRENOMES

O gerente chama o novo empregado á sua sala e inicia o diálogo:

- Qual é o seu nome?

- José – responde o empregado.

- Olhe – explica o gerente – eu não sei em que espelunca você trabalhou antes, mas aqui nós não chamamos as pessoas pelo seu primeiro nome. É muito familiar e pode leva à perda de autoridade. Eu só chamo meus empregados pelo sobrenome: Ribeiro, matos, Souza.

E quero que senhor me chame de Sr. Mendonça.

- Sim, senhor...

- Bem, agora quero saber, qual é o seu nome?

O empregado responde:

- Meu nome é José Amorzinho.

- Ta certo, José. Pode ir agora!

 

MERDICINA

Após a consulta, o sujeito pergunta ao médico:

- Quanto é a consulta, doutor?

- São duzentos reais.

- Duzentos? Não tem um desconto para um colega de profissão?

- O senhor também é médico?

- Não, eu também sou ladrão.

 

 

RAPIDINHAS

Na aula de religião, o professor voltou-se para a mais assanhadinha da classe e perguntou:

- Jovem, me diga, quem foi o primeiro homen?

- Ah, professor, se o senhor não se importa, eu prefiro não dizer!

 

 

O médico batendo no peito de seu paciente:

- Pode ficar tranqüilo, vou te tirar essa inchação em uma semana...

- Essa não, doutor. Essa é a minha carteira, pô!

 

 

Manél e Joaquim a observar o Coliseu de Roma:

- Lindo, não?

- Ô... imagine só quando estiver acabado!!

 

 

O sujeito ao ver uma mulher grávida no caixa do supermercado, comenta:

- Nossa, como a senhora está gorda!

E ela:

- Quer a receita?

 

 

- Quando digo uma tolice sou o primeiro a rir!

- Puxa, você deve levar uma vida bem divertida, hein?

 

 

Uma senhora grávida pergunta ao seu filho de 6 anos:

- Então, filho, você prefere um irmãozinho ou uma irmãzinha?

- Mãe, se não doer muito, eu prefiro um pônei...

 

 

- Conte-me a sua versão dos fatos, senhor – diz o Juiz.

- Pois foi assim: estava eu na cozinha com a faca de cortar presunto. Nesse momento, entra minha mulher, tropeça, cai sobre a faca e é espetada no peito!

- Sim... – diz o Juiz – Continue...

- Pois foi assim... sete vezes!

 

Num julgamento, o promotor interroga o assaltante:

- E na hora de abrir o cofre, o senhor não sentiu medo?

- Senti, sim, senhor! Senti muito medo de que o cofre estivesse vazio.

 

 

PROVA ORAL

Era o dia do exame final. O Joãozinho ia ser examinado pela professora em prova oral e a professora, que era nova na escola, seria observada pelo diretor.

Sentam-se a professora e o Joãozinho, um de frente para o outro, e o diretor fica em pé, atrás do menino. A professora pergunta:

- Joãozinho, o que o D. Pedro I disse quando proclamou a Independência do Brasil?

Nisso, a professora derruba o lápis, e abaixa-se para pegar. O diretor, diante daquela visão maravilhosa surgindo no decote, suspira e murmura só para si um comentário bem masculino. Quando a professora se levanta, pergunta:

- E, então Joãozinho o que ele disse?

- Peitinhos maravilhosos!

- Não é nada disso! Zero! – diz a professora, nervosa.

O Joãozinho vira-se pro diretor:

- Pô, diretor! Senão sabe, não sopra!!!

 

MAL – ENTENDIDO

A mãe coruja comenta toda orgulhosa com uma amiga:

- Olha... meu filhinho completou dois anos ontem e já está andando há seis meses!

- Nossa! Então ele já deve estar bem longe!

 

A DESCULPA

Conversa de dois amigos, num momento de troca de confidências:

- Francamente, João, não entendo por que você insiste em colocar cinto de castidade na sua mulher cada vez que viaja.

Com aquela cara e aquele corpo, quem vai querer possuí-la?

E o outro:

- Você tem razão, mas quando volto para casa, sempre posso dar a desculpa de que perdi a chave.

 

S.O.S. SOGRA

Um rapaz morava no décimo quinto andar de um prédio no Centro. Um dia, desesperado, pois sua sogra estava tentando se matar, corre ao telefone:

- Pelo amor de DEUS, alguém me ajude, minha sogrinha está querendo se atirar pela janela, me ajudeeeeem!

Do outro lado; uma voz responde:

- Meu senhor, o senhor deve estar enganado, aqui é uma carpintaria!

E ele novamente:

- Por isso mesmo, é que a janela não abre...

 

NA MISSA

O papo-furado rolava solto ante de começar a missa. De repente, aparece um cearense de olho amarelo, chapelão de couro e peixeira na cintura e diz:

- Olhe, seu padre, me desculpe, mas comigo é assim: se o cabra me contar uma mentira, eu faço hummmm... Se ele não justificar, eu passo a peixeira na barriga!

Começa a missa e o cara ta lá no primeiro banco, bem compenetrado. Na hora do sermão, o padre explica o milagre da multiplicação dos pães:

- E naquela ocasião, Jesus alimentou cinco mil pessoas com cinco pães...

Antes de concluir, o cearense, na primeira fila fez:

- Hummmm...

E o padre mais que ligeiro ajuntou:

- Mas também, cada pão era do tamanho da igreja...

 

ESSA FOI PORRETA

O lacaio do conde entra nos aposentos dele e diz:

- Senhor conde, está na porta um mendigo que diz que é seu parente próximo e pode provar.

- Deve ser algum idiota – responde o conde.

Foi o que eu achei, senhor, mas isso não é o suficiente para comprovar o parentesco.
 

A BALANÇA

O jeca criava porcos. Já estava tão acostumado que nem usava mais a balança. Colocava em cima da sua barriga e já sabia o peso do bicho, no ato. Num dia de muito trabalho, mandou o filho chamar a mãe, que também já sabia fazer a personagem com a barriga.

O garoto vai correndo, mas volta sozinho.

- Uai! Cadê a tua mãe? Por que ela não veio com você?

Agora ela não pode, pai. A mãe está pesando o vizinho.

 

PAPAGAIO INGÊNUO

Em um cabarezinho do interior havia um papagaio muito curioso que dormia na cumeeira da casa e que ficava observando todas às noites as fodas do caras com as prostitutas. Porém, ele não conhecia a camisinha, pois pessoas do interior não estavam tão preocupadas com doenças e não usavam preservativos.

Um dia um viajante chegou e foi logo para o quarto com a mulher mais fogosa do cabarezinho.

O papagaio subiu e ficou observando, como de costume. No final da foda, o cara arranca a camisinha do pau e joga no chão. O papagaio, indignado com a violência da foda, disse:

- Eu já vi trepada violenta, mulher gritar, sair sangue naquilo e tudo mais, mas essa de arrancar o couro do pau foi a primeira vez!

 

O DESAFIO DA PISCINA

Um milionário dá uma grande festa: bebidas, comidas tudo à vontade. Casa lotada de convidados, então o milionário lançou o desafio:

- Dou minha mansão, pra quem pular na minha piscina e sair do outro lado, mas terá que ser corajoso, pois a piscina está cheia de tubarões e jacarés!!!

As pessoas ficam ao redor da piscina olhando mas, ninguém se propõe ao desafio. Então o milionário continua:

- Dou a minha mansão e minha Ferrari e minha fortuna!

Silêncio total, ele aumenta o prêmio...

- Dou minha mansão, minha Ferrari e minha fortuna!

Nesse instante, um homem pula na piscina, sai nadando e bravamente segura o jacaré, luta com os tubarões e sai do outro lado ileso.

O milionário, surpreso, foi cumprimentar o vencedor, então pergunta o homem:

- Quer receber primeiro a escritura da minha mansão?

- Não, quero não! – responde o homem, que estava bêbado.

- Quer minha Ferrari?

- Não. Não quero Ferrari nenhuma não!

- Quer minha fortuna?

- Não , quero não!

- Então o que você quer?

- Quero descobrir quem foi o filho da puta que me empurrou na piscina!!!

 

POR QUE O MARADONA NÃO GOSTA QUE O CHAMEM DE CRAQUE?

R = Porque ele prefere cocaína
 

CARREIRA DO FILHO

Um milionário norte-americano, incerto sobre a carreira do filho, colocou-o numa sala com uma Bíblia, uma maçã e um cheque.

Pensou: “Se o encontrar lendo a Bíblia, farei dele um padre; se estiver comendo maçã, farei dele um banqueiro”.

Depois de algum tempo, voltou à sala e viu que o filho estava comendo maçã.

Decidiu, então, fazer dele um político.

 

NOVOS NEGÓCIOS 

Três amigos, agora pequenos empresários, numa mesa de restaurante, após o almoço:

- O que você ta fazendo na vida, João?

- Bem ... eu montei uma recauchutadora de pneus.

Claro que não tem aquela estrutura e organização que havia quando eu trabalhava na Pirelli, mas vai indo muito bem.

- e você, José?

- Eu abri um posto de gasolina. Evidentemente também não tenho a estrutura e a organização do tempo que eu trabalhava na Shell, mas estou progredindo.

- E você Chico?

- Eu montei um prostíbulo. É claro que não é aquela puta zona que era o Banco Central, mas já ta dando lucro...

 

VENDENDO PAPAGAIO

Um elemento está vendendo um papagaio no centro da cidade, quando passa um sujeito e pergunta o preço, olha daqui , dali, e pergunta, mas por que esse papagaio tem uma fitinha em cada perna?

O dono explicou, quando quiser que ele diga coisas adoráveis, você puxa a fita branca que está na sua perna direita. Então ele puxou a fita branca e o papagaio falou:

- Oi querido, meu amor, que lindo.

E se você puxar a fita preta ele fala mais palavrões do que o Costinha. E puxou a fita preta e ele falou:

- E se eu puxar as duas? – perguntou o sujeito.

- Ai eu caio seu filho da puta...

 

TRADIÇÃO DE FAMILIA

Marta Suplicy, a prefeita de São Paulo, estava descansando em seu gabinete quando resolveu ligar para o seu filho Supla, que estava arranhando o seu violão na Casa dos Artistas.

- oi Filhote! Tudo bem? esTá se cuidando? Está passando água oxigenada toda semana no cabelinho?

- To mãe! Não enche o saco!

- Ai, filho... A mãe está tão orgulhosa de você!

- Ah é? Posso saber por quê, meu?

- Ai nenê, não chama a mamãe de “meu”... Eu estou muuuuito feliz porque finalmente você está seguindo os passos da mamãe, filhote!

- Putz, o que eu fiz de errado?

- Ah, filho... Você está há duas semana nesta casa e até agora eu não vi você fazendo absolutamente nada!

 

CHEIRO NO ELEVADOR

Duas bichas estavam no elevador, quando uma delas disse:

- Humm! Que cheiro de porra! Você peidou?

A outra responde:

- Não, eu arrotei!!!

 

EMPREGADA RELAXADA

A patroa, furiosa, dá uma bronca na empregada:

- Maria, você é muito relaxada! Olha só a poeira desses móveis! Parece que não são lustrados hás uns três meses!

- Ah, patroa! – interrompe a empregada – ta nacara que a culpa não é minha! Eu só estou aqui há um mês!

 

SOGRA DESAPARECIDA

O sujeito  vai à delegacia reclamar do desaparecimento de sua sogra.

- E quando foi que vocês notaram que ela tinha desaparecido? – pergunta-lhe o delegado.

- Já faz umas duas semanas!

- Duas semanas?! E só agora o senhor vem pedir ajuda da polícia?

- Pois é, seu delegado! Eu custei a acreditar que minha sorte fosse durar tanto!

 

SENTANDO NO VAZO

No banheiro do escritório Carlão pega um amigo fazendo xixi sentado.

- Que veadagem! – grita ele, gargalhando – Onde já se viu, homem mijar sentado?

- Não é veadagem não! – defende-se o amigo – Eu vou te explicar... Sabe a Claudinha, a secretária do Doutor Abelar?

- Claro! – responde Carlão – Aquela delícia de morena...

- Pois é... Terça-feira eu fui ao motel com ela... e broxei!

- Putz... Que mal, cara...

- E a Thaís, sabe?

- Claro! Aquela loirinha de olhos verdes... Você foi ao motel com ela também?

- Também! E também broxei... E foi a mesma coisa com a Silvana, a Marlene, a Gláucia...

- Putz... Lamento mesmo, cara... Mas broxar faz parte da natureza do homem.. E, afinal de contas, o que isso tem a ver com você mijar sentado no vazo?

- Pô! Você acha que depois de tudo isso que ele fez comigo eu ainda vou dar a mão pra ele?